terça-feira, 30 de outubro de 2007

domingo, 28 de outubro de 2007


Fiz essa poesia pensando em mim, na minha realidade, nas minha mudanças e no futuro, mas veio um doido (mauxinhO) e disse que parece com você..então eu dedico a você May, a Joice e a Betina.



Meu fado


Nasci sem sorte na vida

e estava sem rumo

até encontrarte poesia

uma inspiração

uma flor bem-cheirosa

um dom, um fado

e meu tino que só me levava a você

é e eu canto

Moça que saia roda

encanta e floresce

doce canção

olhos redondos e saia rodada

dança e explora

Moça do cabelo caracol

faz do meu fado O melhor

de céu azul e saia florida

saia, saia, saia

saia florida, roda a saia

quero ver a sua meninice em flor

saia daqui

me deixe aqui

Ah!! nao paro de pensar na barra da saia daquela mulata

que arrebatou meu coração!!!




Por Livia Oliver

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

º° a poesia º°


Ignorando meu lado ruim
Sem que você pudesse perceber
me mudei
me vivi
me amei
e pude ser eu mesma
sem declarações infundadas
Pude olhar nos olhos teus
sem medo =D
ser aprendiz
ser o que diz
e nao ser letal
sem pudor
no âmago de coisa nenhuma
nem mesmo você me surpreende mais
Ah! agora que descobri
sOu feliz!