terça-feira, 28 de outubro de 2008

INTENSIDADE!!!!


"Não faço teatro para o povo, mas faço teatro em favor do povo. Faço teatro para incomodar os que estão sossegados. Só para isso faço teatro."
( Plínio Marcos )
"No teatro descobri que existem duas realidades, mas a do palco é muito mais real."
( Arthur Miller )
"O teatro é o primeiro soro que o homem inventou para se proteger da doença da angústia."
( Jean Barrault )
"O teatro é a poesia que sai do livro e se faz humana."
( Federico García Lorca )
"O teatro, que nada pode para corrigir os costumes, muito pode para mudá-los."
( Jean-Jacques Rousseau )

domingo, 26 de outubro de 2008

Carne

A carne crua, lisa
tão intensa, viva
Parte de mim canibal
Tira a roupa, pele e todas suas dermes
a carne crua de pudor
a carne nua
sem pudor
Vem dilatar
No corpo um calor amoroso
Vem libertar
sentimentos tépidos
para mandar depressa embora
Ora, nesse corpo só habita
ardente
Paixões e excessos!

sábado, 11 de outubro de 2008

Aura do amor


Aura do amor
Res-seca transpiração
Gira-mundo
gira tudo
Re-eleição
Acompanha confiante
olhar adiante
Re-euforia
Não se desfaz
Alegria, morre, mas
Re-faz
Nada se anima, nada se ajeita
se tudo foi ilusão..
ah, mas que palavra feia
Re-fim
E aí que tudo foi uma dança dos ventos
Sopro do coração