quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Espelho

Qual canto pode fazer-nos dançar?
Quando não tropeçar?
Quando soltar as mãos, para na contradança se achar?
E Quando me guiar?
Quando saber que acabou?
E Quando a luz se apagar?
Quando acreditar no instante?
Quando acreditar em alguem?
Quando acreditar no amor?
Quando declarar?
Quando aprender?

Qual canto pode fazer-nos dançar?
Quando nao tropeçar.
Quando soltar as mãos, para na contradança se achar?
Quando me guiar.
Quando saber que acabou?
Quando a luz se apagar.
Quando acreditar no instante?
Quando acreditar em alguem.
Quando acreditar no amor?
Quando declarar.
Quando aprender?
Amar se aprende amando.

3 comentários:

andre disse...

Oi,

Fazendo vistinha.

Beijo.

º°Manaxica°º disse...

Oi, Sê bem-vindo de novo!

Muito feliz com suas visitinhas.

Chega mais, sempre!!!

Beijo

betina moraes disse...

"amar se aprende amando"

já dizia o poeta Carlos anjo torto Drummond.

que belo poema mana!