domingo, 16 de dezembro de 2007




É nessa direção que vou
Na que estava
mais para o seu lado
sendo insensato
batendo um papo
sobre você
amarrando o laço
nas nossas mãos
E do teu olhar
bem vivo
correndo risco
de não estar perdoado
e te retrato
no papel de pão
e no relato
fica um laço
que eu criei
bem fincado
ao nosso chão
não me devolva
a amargura
que fizeste poesia
dessa minha agonia
que me roubou
assim, minha flor,
não deixe ter cura
esse mel, que docuça
esse meu torpor.


resposta ao comentário ---->
Joice:
Minha preta,
Tô de olho em você,
sempre...ah não...não é pra vigiar,
é pra ver para onde você está direcionando seu olhar,
quero ver também!Quero ver também! =)
Beijinhos de amor.

4 comentários:

Frida Maurine disse...

Querida Manachica

Lindo suas palavras
Que bom saber que a música te move...Só posso supor que nesse coração só cabe amor também...Vamos nos conhecer sim,o destino traçará um encontro maravilhoso,cheio de cores brilhantes,cheiro de ervas frescas e muito boa música!!!

Um beijo no coração!!

Fridoca

joice disse...

Ah,querida...
Poxa vida, eu nem sei mais como retribuir tanta felicidade causada pelo nosso encontro na vida.
Você é minha preta linda querida!
Eu sou sua nêga joinha, eis tudo...
A gente se sabe nesse lugar de admiração mútua e amor.
Sinto que eu trouxe algo que encontrou em você o tão perseguido "eco". Como diz o Chico, "vibrou uma cordinha" aí, né? E quando ela vibra e me responde com a poesia ou a coragem nos ensaios...ah, Livinha, aí vibra aqui minhas cordas todas da alma em novas descobertas humanas. E eu tenho a oportunidade (preciosa) de me transformar, de trasmutar minha alma e torná-la dinâmica!
Obrigada, com amor, tua nêga, Joice.

betina moraes disse...

manachiquita rica,

obrigada por tanto carinho e afeto.

este lugar é tudo de "tanto e muito" que existe!

faço votos que você fique sempre ao lado (ao dentro, ao centro, ao canto!)do verso e da arte!

um beijo de muita devoção!

Maricotinha disse...

Mana!
Amarrando os laços bem firmes! Caminhando na direção certa!
Leve a Maricota, aqui!
Bjs do beijo de Gustav Klimt!